J.B.ROMANI

Eu colho as pedras do caminho como se fossem uvas e bebo a poeira como se fosse vinho.

Textos

P E S C A R I A



Uma grande poça d’água

na minha rua se formou,
e ali eu fui pescar
depois que a chuva passou.

Uma moça me perguntou:
Acha que tem peixe aí?
Claro que sim respondi.
Olha! Já peguei um mandi.



Onde tem água tem peixe.
É o que sempre falo,
e na mesma hora pesquei
este  belísssimo ROBALO.



E pesquei bagre, barracuda,
traíra, tilápia e salmão,
um pescador como eu
não volta abanando a mão.

   

Até eu me surpreendi

com a grande variedade,
peixe de mar e de rio
em tamanha quantidade.

**

Peguei uma peixe muito estranho,
desse é o primeiro que vi,
já na hora de ir embora                                                                       
ainda pesquei um LAMBARI.





======================


**
O peixe estranho 
é um Anglerfish 

 


J B ROMANI
Enviado por J B ROMANI em 16/01/2011
Alterado em 16/01/2011
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.jbromani.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras